28-12-2021

Justiça converte para preventiva prisão de casal suspeito de agredir menino autista

A justiça converteu em preventiva a prisão temporária do casal suspeito de torturar e agredir um menino autista de oito anos, em Sorocaba. O menino teve alta em novembro, após ficar internado no Conjunto Hospitalar . Ele permanece aos cuidados do conselho tutelar. O menino foi encontrado com sinais de tortura e espancamento no bairro Nova Esperança. Segundo a polícia, após sair de casa sozinho, e ficar desaparecido, a criança foi encontrada na rua desnorteado. O menino disse que teria tentado arrumar a câmera de uma casa , no bairro onde mora, quando foi abordado por um homem. Ele teria sido jogado dentro de um carro, levado a um matagal e sido agredido.